.posts recentes

. Um Ano

. Aqui estou

. sozinha

. ...

. Falta de tempo

. Já lá vai algum tempo

. Um Violino no Telhado

. Alguns comentários

. uma evolução significativ...

. 2ª sessão de terapia da f...

.arquivos

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Abril 2008

Domingo, 12 de Outubro de 2008
2ª sessão de terapia da fala

No dia 9 de Outubro fui mais uma vez a Coimbra, desta vez só fiz terapia da fala. Segundo a Terapeuta ainda não preciso de reajuste. Acho que estou a ir no bom caminho.

 

Quanto ás vogais, só ocasionalmente é que troco o " e " pelo " i " e muito raramente o " o " pelo  " u ".

 

Mais dificil são as consoantes.

O " arrá, amá,aná,afá... ainda troco muito.

 

Nesta sessão esteve a perguntar sobre frutos, produtos e utensilios de cozinha, sem saber o quê,  acertei quase tudo.

 

Agora só vou a 21, mas trouxe muito material para estudar.

 

 

Agora, quanto ao meu dia a dia:

 

Já distingo o ladrar do cão, o sino da Igreja, os telefones do serviço e o de casa, os carros na rua a passar, o barulho do frigorifico, da arca, etc.

 

Ouço os pássaros a cantar, já ouvi antes mas mais baixinho, e o cantar parece igual ao que ouvia antes.

 

Hoje ouvi um barulho, que parecia um sino a tocar, e perguntei ao meu marido o que era, nem acreditei - o galo  da vizinha a cantar. Eu ainda me lembro do canto, mas este era tão diferente.....

 

Já por duas vezes que me chamaram e eu estava de costas voltadas e ouvi o meu nome.

 

Já percebo bem algumas coisas na televisão, por ex: quando está a dar as noticias e o jornalista não está presente, ou seja, sem fazer leitura labial. Mas tenho de estar muito atenta.

 

No serviço, ás vezes não olho para a pessoa que está  a falar comigo para ver se percebo, já consigo apanhar alguma coisa e quando não percebo pergunto.

 

Se as pessoas falarem devagar e frases curtas e se não houver barulho de fundo,e se estiver concentrada até percebo bem.

 

Já fiz a experiência, desliguei a protese auditiva, para ver se ouvia e percebia  a mesma coisa, e percebo. O implante sobrepôe a protese auditiva. Ouve-se muito mais.

 

Agora como ouço melhor, falo mais baixo. Mas os idosos já me perguntam 2 vezes o que estou a dizer. É que eu falava alto e com eles tem de se falar alto,pois ouvem mal, mas  a voz aguda a entrar aqui no meu ouvido incomoda-me. Paciência....., mas também já os ouço melhor.

 

Cada dia que passa ouço e  percebo melhor. Desde o 1º ajuste que tenho vindo a melhorar bastante.

 

A terapeuta é que vai dizendo quando tenho necessidade de ajuste ou se por acaso eu sentir necessidade de ajustar o volume.

 

No dia que foi à terapia, fui á consulta cumprimentar o Médico ( Dr.L ) e outros médicos que também conhecia das consulta anteriores, ficaram todos muito contentes com a minha evolução. Gostei de estar com eles.

 

A evolução é lenta e gradual, mas cada conquista é uma medalha de ouro..............

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por ouvircomunicar às 15:17
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Sun Melody a 13 de Outubro de 2008 às 14:10
Noto neste texto uma satisfação tremenda, de suspiro e alívio, o de abraçares esta caminhada plena de sucessos.

Sempre questionei para mim, se o cantarolar dos pássaros eram iguais ou melhor o som pelos que ouvem naturalmente, não sei como, sempre tive esta sensação, ou alugares na minha memória auditiva assim o quiseram afirmar a premissa naquela curto espaço de anos que ouvi antes de ensurdecer. São sons por mim familiares, tal como a melodia do piano ou violoncelo .

Vais crescer ainda mais. :)

Vou fazer o reajuste dia 27 de Outubro, o volume está alto para mim ou será impressão minha? Depois veremos.

Beijinhos da Sun .

Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds